Ligue e Assine: (48) 3265-0446

25/10/2019 | Tamanho da Letra A- A+

Especial Sapateiro: Empresário foca no segmento de noivas

Luciano Candido Moresco empreendeu na área do calçado ao perceber a necessidade de inovação no mercado

 

Há 22 anos, o sapateiro Luciano Candido Moresco, 41 anos, natural de São João Batista, já pensava em empreender por meio do setor calçadista. Inicialmente, ele e a esposa fundaram uma empresa de calçados e atuaram por cinco anos, até receberem uma proposta do Grupo AMC Têxtil, que detém a marca Colcci.

Com a venda da empresa, Luciano voltou a trabalhar como funcionário no setor de modelagem. Porém, sempre almejava mais na profissão.

Foi quando percebeu a necessidade de inovar no setor e sair na frente na produção de calçados para o segmento de noivas e festas em geral. “Tenho na veia o gosto por sapatos bem feitos e com designs arrojados. E ao ver essa necessidade e carência no mercado, optei por focar neste nicho”, comenta.

Em sociedade com a esposa e irmã, Luciano começou pequeno, em uma sala de casa. Mas com o passar do tempo, as vendas da Spaço Criativo tiveram um aumento e surgiu a necessidade de mudar o local de trabalho para montar uma equipe de produção.

“Hoje produzimos, em média, 80 pares ao dia, sendo que uns 30% da produção é para venda direta ao consumidor por meio do comércio online”, explica o empresário.

A alternativa de migrar para o e-commerce (vendas na internet) surgiu pela dificuldade de as próprias consumidoras encontrarem os produtos do segmento de noivas, formandas, e até mesmo debutantes. “Hoje atendemos diretamente as noivas de todo o Brasil”, revela.

Toda a parte de criação e modelagem dos calçados é feita pelo próprio Luciano. Alguns produtos são personalizados conforme a necessidade do cliente. “Como produzimos uma quantidade razoável por dia, não conseguimos dar muita exclusividade. Mas quando solicitado, são feitas alterações e até mesmo a forma sob medida”, diz.

 

Produção artesanal

Luciano afirma que sempre prezou muito pela qualidade dos produtos. Por isso, o desejo do empresário é conseguir se manter sólido no segmento, e atender os clientes com muita seriedade e competência. “Não tenho a intenção de crescer muito, até porque trabalho com um produto delicado e de difícil mão-de-obra. Cerca de 90% da produção é artesanal, por isso, o importante é manter a qualidade”, diz.

Atualmente, a maior demanda de vendas é no atacado, sendo o estado de São Paulo o maior consumidor dos produtos.

O modelista, formado em Design de Calçados em parceria do Senai de São João Batista com a Univali de Tijucas, diz que por nascer e morar em um polo calçadista, sempre teve o instinto empreendedor no sangue. “Sou muito grato por tudo que tenho, pois é proveniente desta profissão de sapateiro. Só fico entristecido que as novas gerações parecem não ver com os mesmos olhos a possibilidade de um futuro ainda mais promissor neste setor”, avalia.


Você está lendo: Empresário foca no segmento de noivas

Leia também: 

Da profissionalização ao empreendedorismo

Preço acessível aliado à qualidade dos produtos