Ligue e Assine: (48) 3265-0446

26/11/2019 | Tamanho da Letra A- A+

Três unidades de saúde abrirão no sábado, para vacinação contra o sarampo, em São João Batista

O Dia D da segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo acontece no próximo sábado, 30, em todo o país. Em São João Batista, as doses serão disponibilizadas, das 8h às 17h, em três Unidades Básicas de Saúde (UBSs): Centro, Jardim São Paulo e Ribanceira do Sul. Para receber a imunização, é necessário apresentar Cartão do SUS e a Carteirinha de Vacina (se tiver).

O calendário de vacinação prevê que as crianças tomem a primeira dose da vacina Tríplice viral (protege contra sarampo, caxumba, rubéola) aos 12 meses e, a segunda e última, aos 15 meses. No entanto, o Ministério da Saúde recomenda que crianças entre 6 e 11 meses tomem a “dose zero” da vacina e depois sigam o esquema de vacinação normalmente.

Adultos com até 29 anos precisam ter recebido duas doses da vacina ao longo da vida. Caso não tenham tomado, não lembrem ou não tenham mais a carteirinha de vacinação, a recomendação é se dirigir até uma sala de vacinação.

Já para quem tem de 30 a 49 anos e não tenha recebido a imunização, apenas uma dose é o suficiente. Acima desta idade, somente é necessária a vacinação caso vá viajar para local em situação de epidemia.

Neste sábado, assim como ao longo da campanha, também está sendo realizada a multivacinação em São João Batista. A iniciativa consiste na atualização de carteirinha para crianças, adultos e idosos, com foco principal no sarampo e na febre amarela.

 

Horários de vacinação

Além do Dia D, as vacinas são disponibilizadas rotineiramente de segunda a sexta-feira em duas unidades de saúde. Na UBS Centro, o horário de atendimento é das 7h30 às 11h30 e das 13h às 17h. E, no Jardim São Paulo, o atendimento é das 7h30 às 12h e das 13h às 16h30.

 

Saiba mais sobre o sarampo

É uma doença viral, extremamente contagiosa. O vírus se espalha facilmente pelo ar através da respiração, tosse ou espirros e pode ficar até duas horas no ambiente. Uma pessoa com sarampo pode transmitir a doença para uma média de 12 a 18 pessoas que nunca foram expostas ao vírus anteriormente ou que não tenham se vacinado. A única forma de se prevenir é com a vacinação.

Os principais sintomas do sarampo são: febre, tosse, coriza, aparecimento de manchas vermelhas no corpo e olhos avermelhados. Pessoas que apresentem esses sintomas devem procurar o serviço de saúde com a máxima urgência. O sarampo pode causar complicações à saúde e, em casos mais graves, levar à morte.